Posts com Tag ‘Criança’

Como Desfocar…

Se você quer Sonhar Desfocado – (último post) e não sabe como, aí vai uma idéia simples:

Aqui no Poesia no Caos você pode ir com a barra de rolagem até embaixo, no final.↓ Clicando no banner à direita (Social Vibe), você pode ajudar crianças de Uganda com o Invisible Children.


É só fazer as atividades e você contrbui com horas escolares para as crianças de Uganda. Você não paga nada para fazer diferença!

Aproveite para desfocar você… (leia impressões.88)

by Hudson Parente

Loucos Por Música!.2

Sonhador frustrado? Então frustre-se de vez ou dedique-se com paixão!

Tantas vezes queremos e sonhamos algo… mas a realidade dos sonhos não se aproxima nunca por não vivermos de acordo com o que acreditamos… e a vida passa…

Mas quando se é louco por algo, esforços não são medidos.

Haruka Kageyama mostra que sonhar é apenas o começo; disciplina, prática e paixão… nos fazem tocar nossos sonhos…

  1. Haruka toca “Always w/ Me, Always w/ You” do Joe Satriani
  2. Haruka toca “Captain Nemo” do Michael Schenker Group
  3. Haruka toca “For The Love of God” do Steve Vai abaixo:

Mergulhar de vez ou se afastar da borda…


by Hudson Parente

Natal…


Poesia…

Letra que acredito expressar como geralmente somos… e como podemos ser.

Feliz Natal.

Luz - Poesia no Caos

 

“Com esse desejo de Natal fica perdido

O ponto que eu queria transmitir

Se apenas eu pudesse encontrar as palavras para fazer com que Você soubesse

O quanto Você tocou a minha vida porque

Aqui é onde Você me encontra

Exatamente no mesmo lugar que na noite de Ano Novo

E por causa da minha falta de persistência

Nós estamos bem menos perto do que eu gostaria de estar

 

E na primeira vez que Você abriu seus olhos

Você percebeu que seria meu Salvador?

E o primeiro suspiro que saiu dos seus lábios

Você sabia que mudaria esse mundo para sempre?

 

E então neste Natal eu vou comparar

As coisas que sentí em anos anteriores

Com o que essa meia-noite tornou tão claro:

Que Você veio para se encontrar comigo aqui

 

Olhar para trás

E pensar que

Esse bebê me salvaria um dia

E a esperança do que

Você fez

Que Você nasceu para que eu pudesse realmente viver

  

E eu

Eu celebro o dia

Que Você nasceu para morrer

Para que um dia eu pudesse

Orar para que Você salvasse a minha vida”

 

tradução livre da música “I Celebrate The Day

“Relient K”

o advento - Poesia no Caos

arte: Fábio Q.

 

 

 

 

 

 

by Hudson Parente

foto: Hudson “Dudi” Parente  

arte: Fábio Q.

Crianças Invisíveis

sunday

Assistimos pela segunda vez Sunday: The Story of a Displaced Child“. Este é mais um documentário da organização sem fins lucrativos Invisible Children, que surgiu depois de 3 jovens irem para a África em busca de uma história e acabarem criando o documentário Invisible Children: Rough Cut (no link, assista ou baixe o filme em inglês) – mostrando imagens extremamente tristes como vermos centenas de crianças amontoadas dormindo literalmente umas em cima das outras; onde o normal é terem uma refeição por dia; crianças obrigadas a carregar armas, lutar e serem forçadas a matar…

Com a repercussão do primeiro filme, a organização Invisible Children foi criada para despertar pessoas a se envolverem e ajudarem crianças do continente africano afetadas pela guerra, fome e o esquecimento por parte do mundo todo. Em “Sunday”, um dos rapazes fundadores volta para Uganda para passar 10 dias num campo de refugiados, experimentando o que as crianças vivem no dia a dia. Impressionante ver o que tantas vezes não queremos ver ou não buscamos conhecer. A tristeza é quase que palpável nos olhares das crianças que, em sua maioria, perderam seus pais para a guerra. A inocência da infância perdida… a oscilação entre momentos de alegria e as profundas marcas do sofrimento interno… ouvir de uma criança que é melhor morrer do que sobreviver desta forma…

Para conhecer mais, visite os links:

Invisible Children Brasil

Invisible Children YouTube – vídeos com legenda em português

  Sempre podemos fazer algo; mais do que se comover, o desafio é de se mover…


by Hudson Parente

Fazer o quê?

Interessante como podemos aprender com tudo. Hoje foi tempo de um programa mais relax: acabei de assistir “The Pirates Who Don`t Do Anything” (Os Piratas que Não Fazem Nada) do “Veggie Tales”. Não, ainda não tenho filhos… mas foi um momento de fraqueza, então assistí mesmo assim. Fazer o quê? A música tema é interessante, tem o mesmo nome do filme e é do “Relient K“. Uma frase que me chamou atenção foi: “Os verdadeiros heróis são aqueles que fazem o que é certo, não importa o quão difícil seja”. Paulo quando escreve aos Tessalonicenses diz: “Não se cansem de fazer o que é certo”. Não se cansar? Jesus ainda diz: “Façam o bem para aqueles que te odeiam”… Muitas vezes já é cansativo o suficiente fazer o que é certo e o bem para aqueles à quem curto, imagina para os que me odeiam? Pois é, não importa o quão difícil seja, mas é desta forma que somos desafiados a viver. 

O grande Amaury Fontenele em sua música “Mas Fazê O Quê?” diz:

“E aí, vai fazer o quê?”

“Descruzar os braços só pra começar” 

Fazer o quê? Deixarmos de ser os que não fazem nada, descruzarmos nossos braços e lutarmos sempre pelo que é certo… não importa o quão difícil seja. 

 

by Hudson “Dudi” Parente